sábado, 16 de agosto de 2014

Brasilândia de Minas

 Breves informações sobre Brasilândia de Minas

População 2010: 14.226 hab.
População estimada 2013: 15.310 hab.
Área da unidade territorial (km²): 2.509,694
Densidade demográfica (hab/km²): 5,67
Código do Município: 3108552
Prefeito: MARDEN JUNIOR TELES PEREIRA DA COSTA
Gentílico: brasilandense

Brasilândia de Minas

Minas Gerais

Histórico

      Os primeiros registros históricos do povoamento de Brasilândia de Minas nos informam que a região fazia parte de uma grande fazenda, que pertencia a Senhora Joaquina do Pompeu, cujo nome completo era Joaquina Maria Bernarda da Silva de Abreu Castello Branco Souto Maior de Oliveira Campos. A fazenda tinha vários retiros de gado que eram cuidado por escravos.


As terras foram sesmarias, herdadas pelo Capitão Inácio de Oliveira Campos, — Marido de Dona Joaquina. A grande Fazenda com a morte de Dona Joaquina, em 1824, foi dividas para seus numerosos herdeiros.

Parte das terras que pertenceram a Joaquina do Pompéu, com extensão de 06 léguas quadradas, foram adquiridas por um grupo de Ingleses, esta Gleba que antes era denominada Fazenda Extrema recebeu um novo nome dado pelos ingleses Brazil Land ( Terras do Brasil) .
     A Brazil Land Catte and Packing Company, empresa que era proprietária das terras, foi abandonada pelos seus proprietários durante a segunda guerra mundial. Ao final da Guerra, o então Presidente Getúlio Vargas, fez a desapropriação das terras sob a orientação do Deputado Coronel Manoel de Almeida, iniciando assim a primeira reforma agrária de nossa região.
Os primeiros colonos chegaram em cortejo, vindo de Pirapora passando pelo Porto dos Cavalos e acamparam em frente à Casa Grande, que até hoje permanece de pé. Era 22 de maio de 1952 data importante até hoje comemorada em nossa cidade.
Os colonos passaram por muitas dificuldades com doenças, falta de estrutura, falta de víveres e ferramentas, mas não se intimidaram e organizaram uma cooperativa para resolver estes problemas.
     Próximo à Casa Grande foi se formando o povoado, surgiram igrejas o comércio se fortaleceu e Brasilândia de Povoado se tornou Vila. Vila que muito rapidamente tomou ares de cidade com a chegada de empresas como: Mannesman e Fuchs que fizeram com que o progresso em Brasilândia superasse a média regional.
No final da década de 80, a localidade contava, aproximadamente, com 7.000 habitantes, concentrados em bairros pioneiros como: contingente, Porto e Sede Velha.
     No final da década de 80 intensificou a luta pela emancipação político administrativa de Brasilândia de Minas, houve até um plebiscito para emancipar o Distrito de Caatinga, com sede em Brasilândia, porém o povo se frustrou desta vez e continuou a luta, fortalecendo o movimento pela independência político-administrativa.
Em 1991 foi instalado o distrito de Brasilândia. A localidade ganhava identidade dentro do município de João Pinheiro, tendo seus limites definidos, acabando com a resistência de João Pinheiro à nossa emancipação.
O município de Brasilândia de Minas foi criado pela Lei Estadual 12.030, de 21 de dezembro de 1995.




Formação Administração




Distrito criado com a denominação de Brasilândia, pela Lei Municipal nº 397, de 30-07-1991, subordinado ao município de João Pinheiro. 

Em divisão territorial datada de 1993, o distrito de Brasilândia, figura no município de João Pinheiro. 

Elevado á categoria de município com a denominação de Brasilândia de minas, pela Lei Estadual n° 12030, de 21-12-1995, desmembrado de João Pinheiro. 
Sede no atual distrito de Brasilândia de Minas ex-povoado Brasilândia. 
Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997. 
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. 




Alteração toponímica distrital 

Brasilândia para Brasilândia de Minas, alterado pela lei estadual nº 12030, de 21-12-1995.


IDHM 20100,674

Fonte

IBGE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...